Como desenvolver a autoconfiança em 6 etapas e melhorar sua qualidade de vida

Quer ter mais confiança em si mesmo? Saiba quais etapas seguir para desenvolver a autoconfiança e, assim, melhorar seu desempenho no dia a dia.

A falta de autoconfiança é um vírus mental.

Você tem objetivos, deseja atingi-los, mas a pouca — ou mesmo a ausência — de confiança em si mesmo impede isso. O crescimento pessoal/profissional está logo ali, mas a barreira de insegurança bloqueia você.

A falta de autoconfiança agarra o potencial existente em você e o contamina com pessimismo. E quando você olha para outras pessoas, tudo que consegue é se comparar com elas e se sentir um fracasso.

Ansiedade, baixa autoestima, frustração profissional: a falta de confiança em si mesmo destrói o bem-estar.

Gostaria de saber como desenvolver a autoconfiança e conseguir usar todo o potencial dentro de você?

Antes, conheça os…

Benefícios da autoconfiança

Vamos pontuar isto: a autoconfiança é conseguir confiar em seu próprio potencial. Ao conseguir confiar em seu próprio potencial, você conquista excelente desempenho em diversas áreas da vida.

Alguns benefícios da autoconfiança:

  • apresentar bem trabalhos escolares;
  • sentir-se seguro para um encontro romântico;
  • conquistar novos horizontes profissionais;
  • ter boa desenvoltura numa entrevista de emprego;
  • comunicar-se bem com pessoas;
  • elevar a autoestima.

Além disso, vale destacar 2 coisas:

  1. Ser autoconfiante não é ser arrogante.

Pessoas autoconfiantes tendem a ser confundidas com pessoas metidas, quando, na verdade, só estão transparecendo a sensação de “Consigo fazer isso porque confio no meu potencial”.

  1. Autoconfiança pode — e deve — ser desenvolvida por qualquer pessoa.

Se você não sente autoconfiança, desenvolva-a. Se sente pouca, aumente-a. Se sente muita, intensifique-a.

Leia também: Como preencher um vazio no coração e sentir-se bem consigo mesmo.

A seguir, veja como desenvolver a autoconfiança.

6 etapas para desenvolver a autoconfiança

1 – Faça terapia.

Como desenvolver a autoconfiança quando as causas forem emocionais? Fazendo terapia. Através da terapia, você descobre quais causas emocionais geram falta de autoconfiança e, a partir disso, consegue solucioná-las.

Importante: não faça qualquer terapia, mas sim a mais adequada para você. Aqui estão alguns tipos de terapia:

  • Psicanálise;
  • Psicodrama;
  • Cognitivo-Construtivista;
  • Cognitivo-Comportamental;
  • Analítico-Comportamental;
  • Gestalt-Terapia.

2 – Cumpra metas simples.

Você já deve ter ouvido isto: “De grão em grão, a galinha enche o papo”. Dito isso, veja estes 2 cenários e saiba como desenvolver a autoconfiança.

  • Cenário 1:

Você estabelece metas complexas, falha em cumpri-las e, então, se sente um fracasso.

  • Cenário 2:

Você estabelece metas simples, consegue cumpri-las e, então, se sente bem consigo mesmo.

Esclarecendo: ao conseguir cumprir metas simples, você adiciona um grão a mais de confiança em si mesmo. Você compreende que consegue cumprir metas. Aqui, a ideia não é tentar desenvolver a autoconfiança subitamente, mas sim “de grão em grão”.

3 – Evite se comparar com outras pessoas.

Eu sou eu. Você é você. Fulano é Fulano.

Comparar-se com outras pessoas é trilhar um caminho doloroso. Quando você faz isso, dá de cara com o sucesso alheio: o emprego novo, a aprovação na faculdade, o casamento dos sonhos.

Vamos lá, você sabe do que estou falando…

A grama do vizinho não está apenas mais verde, mas cintilando sob o sol da prosperidade, enquanto a sua nem sequer cresceu. Ao comparar-se com a vida de outras pessoas, você alimenta a falta de autoconfiança.

Entenda: cada grama cresce num ritmo, cada pessoa tem sua própria jornada. Hoje você está no ponto A, mas logo estará no B e depois no C. Apenas vá com calma e pare de se comparar com as pessoas.

4 – Não se cobre tanto.

As pressões do mundo podem fazer você se cobrar exageradamente, cravando o seguinte pensamento em sua mente: “Tenho que atingir meus objetivos LOGO”.

Por exemplo, ao ver pessoas tendo sucesso profissional, você começa a se cobrar descontroladamente para alcançar sucesso profissional também. Porém, ao invés de gerar bons resultados, a cobrança arremessa você no fracasso, causando falta de autoconfiança.

Quer sejam pequenas ou grandes, comemore suas conquistas pessoais/profissionais. Cobrar-se exageradamente é tentar subir uma escada saltando do primeiro degrau para o último. Vá com calma, suba um degrau por vez.

5 – Não busque a aceitação dos outros.

Uma declaração óbvia: o mundo é composto por pessoas diferentes

Em busca da aceitação de outras pessoas, você pode acabar afundando em insegurança. Eu sei, eu sei, todos desejamos ser admirados pelos outros. Porém, antes de tudo, orgulhe-se de si mesmo, de quem você é.

Você não se encaixa numa “caixinha social”? Tudo bem. Você é único. Por esse motivo, orgulhe-se de quem você é, do que gosta de fazer, do que gosta de ouvir, do que acredita. Se fizer isso, saberá exatamente como desenvolver a autoconfiança.

6 – Controle a ansiedade.

Quanto menos autoconfiante você se sentir, mais ansioso ficará. Se não se sente autoconfiante sobre uma entrevista de emprego que precisa fazer, por exemplo, a ansiedade vai consumi-lo.

Sem confiança em si mesmo, diversas situações transformam-se em monstros causadores de ansiedade. Veja algumas:

  • primeiro dia no trabalho;
  • reunião com o chefe;
  • apresentação de trabalhos escolares;
  • primeiro encontro romântico.

Para você conseguir amenizar/eliminar a ansiedade, separei algumas dicas:

  • recitar mantras;
  • fazer yoga;
  • meditar;
  • praticar mindfulness;
  • praticar exercícios de respiração;
  • praticar exercícios físicos (melhora humor, bem-estar e autoimagem).

Leia também: Como acabar com o vício do celular: 4 dicas ilustradas para inspirar e ajudar.

Saiba como desenvolver a autoconfiança e eleve seu bem-estar…

Ao longo da vida, somos expostos a várias situações. Podemos ter autoconfiança, mas depois perdê-la. Podemos perdê-la, mas depois conquistá-la.

Agora que você aprendeu a como desenvolver a autoconfiança, elimine a ansiedade, destrua a insegurança e preserve sua saúde mental.

Gostaria de buscar autoconhecimento e desvendar os universos existentes em você? Compreender seus próprios sentimentos e se libertar das correntes da falta de autoconfiança? Conheça Téo E O Mini Mundo – Vol. 1 – O LIVRO e Téo E O Mini Mundo – Vol. 2 – O lugar do Outro.

Você também pode se interessar por:

Como aprender filosofia com quadrinhos: as 5 melhores opções + exemplos

Como fazer transição de carreira: dicas para ter sucesso + inspirações com tirinhas.


Aproveite, também, para assinar a nossa newsletter quinzenal, onde trazemos reflexões, novidades e tirinhas inéditas!

Deixe seu e-mail abaixo:/